Como gerenciar equipes de diferentes gerações

A entrada cada vez mais expressiva da geração Y e o desligamento tardio de profissionais mais experientes da geração X evidenciam uma realidade do mercado de trabalho: a junção de gerações e os desafios de gerir equipes com perfis e habilidades tão diferentes.

Neste cenário, em que integrantes de duas e às vezes até três gerações convivem e interagem por um mesmo objetivo, buscar o equilíbrio requer do líder um exercício constante de maturidade, flexibilidade e perspicácia. Se por um lado as diferenças de gerações e perfis podem gerar conflitos, por outro, há uma riqueza imensurável na troca de experiências, ideias e atitudes.

O líder à frente de uma equipe diversificada tem em suas mãos a possibilidade de otimizar a sinergia do grupo através da valorização das habilidades individuais dos colaboradores. Contudo, o gestor deve trabalhar continuamente o desenvolvimento de ações individuais e os diferentes resultados obtidos por cada um, a fim de entender os pontos fortes e as motivações de cada colaborador.

Com base nessa percepção, é possível administrar melhor as funções e anseios de cada membro do grupo. Nem sempre o líder consegue conciliar todas as aspirações da equipe, mas reconhecer os talentos e oferecer oportunidades a cada membro fortalece o engajamento dos colaboradores.

Alguns estudos apontam que pessoas que exploram seus pontos fortes conseguem aprimorar ainda mais seus talentos e resultados. Assim, o líder deve reforçar em sua equipe as habilidades de cada geração e, principalmente, a contribuição que cada perfil traz para o grupo.

Em geral, a atuação conjunta de diferentes gerações é sempre muito positiva. Isso porque, de alguma forma, os perfis se completam. Enquanto a geração X tem a oferecer a maturidade e sabedoria para resolver conflitos e atuar em projetos de resultados de longo prazo, com calma e objetividade, a geração Y busca o imediatismo e a inovação para o grupo. Ao líder cabe mediar ideias, melhorias sugeridas e a diversidade de opiniões para tomar uma decisão. Nem sempre é possível agradar a todos, mas o foco precisa ser sempre o melhor para a equipe e a empresa.

É evidente que o choque de gerações pode gerar conflitos, principalmente no que se refere ao posicionamento de ideias, valores e objetivos. Contudo, mesmo os conflitos internos devem ser entendidos e aproveitados no crescimento da equipe e no aprimoramento da gestão. O feedback constante dos colaboradores envolvidos e a prática contínua de ouvir as pessoas, minimiza essas possíveis dificuldades e beneficia o amadurecimento da equipe.

No desenvolvimento de um novo produto ou serviço, por exemplo, quanto mais perfis diferentes estiverem envolvidos na composição da equipe, melhor será o resultado do estudo, que possibilitará entender o comportamento e atitudes de cada geração alvo do lançamento.

Equipes mistas favorecem a criação e o desenvolvimento de projetos e ações com as mais diferentes opiniões. Por isso, um bom gestor, que utilize os benefícios, potencialidades e talento individual das equipes diversificadas a seu favor, sempre terá uma fonte inesgotável de possibilidades e habilidades. As empresas só tendem a ganhar com essa relação.

Eliane Figueiredo – é sócia-diretora da Projeto RH, consultoria especializada em gestão de pessoas.

Fonte: http://www.administradores.com.br

Published in: on 25 de novembro de 2011 at 12:04  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://sindhosba.wordpress.com/2011/11/25/como-gerenciar-equipes-de-diferentes-geracoes/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: